O que fazer em Capitólio / MG: principais pontos turísticos

O que fazer em Capitólio / MG: principais pontos turísticos

06/02/2020 0 Por Mari Dahrug

A cidade de Capitólio, em Minas Gerais, é atualmente um dos destinos mais cobiçados no Brasil. O município fica na Serra da canastra e é banhado pelo Lago de Furnas, conhecido como o “Mar de Minas”. Esse lago artificial foi inaugurado em 1965, banha 34 municípios e tem 1.440 km², considerado um dos mais extensos do mundo.

Nos últimos anos o destino tem ficado cada vez mais popular, especialmente por sua exuberante natureza, com muitas cachoeiras, mirantes e trilhas. Apesar de o nome Capitólio ter ficado famoso, os pontos turísticos e complexos ficam relativamente longe do centro da cidade, e é importante ter isso em mente na hora de programar a viagem, já que será fundamental ter um carro ou programar previamente os passeios com alguma operadora.

Um detalhe que é importante observar é que a maior parte das trilhas, cachoeiras etc ficam dentro de propriedades privadas, e justamente por isso é preciso pagar entrada em quase todas. Outro detalhe importante é que a região tem muitos complexos parecidos, com trilhas, cachoeiras etc, e não é necessário (nem viável) visitar todos. Na hora de montar seu roteiro, verifique os que agradam mais e reserve o tempo adequado para cada um. Dessa forma, você gastará menos com as entradas e aproveitará os lugares bem mais!

Nesse post vou falar um pouco sobre o que fazer em Capitólio, com alguns dos principais pontos turísticos e complexos.

 

 

O que fazer em Capitólio / MG

 

Passeio no Lago de Furnas

Como mencionei acima, o principal atrativo de Capitólio é o famoso Lago de Furnas. Criado para a instalação da Usina Hidrelétrica de Furnas, o lago artificial é um dos maiores do mundo e é cercado por cânions com 20 metros de altura, além de cachoeiras e piscinas naturais. Esse é um dos passeios mais tradicionais da região, e pode ser feito por escunas, chalanas, lanchas e catamarãs.

  • Valor, horário e ponto de partida: podem variar de acordo com a duração, operadora e tipo de embarcação.

 

Mirante dos Canyons

Cartão postal de Capitólio, o Mirante dos Cânions ou Canyons é outro ponto turístico que não pode deixar de ser visitado. A trilha para chegar ao mirante é curta e bem fácil, com cerca de 100 metros apenas. O visual do mirante é incrível e permite admirar a imensidade do lago de Furnas e as formações rochosas. A entrada costumava ser livre e grátis, mas desde março de 2019 o acesso passou a ser controlado e pago.

  • Entrada: R$20,00.
  • Horário de funcionamento: Diariamente, das 8h às 17h.
  • Endereço: MG 050 Mirante Dos Canyons, 37930-000 Capitólio, MG (entre a Cachoeira Lagoa Azul e a Cascata Eco Parque)

 

Cachoeira Diquadinha ou Dicadinha

Em frente ao Mirante dos Canyons, uma outra trilha leva à Cachoeira Diquadinha ou Dicadinha. A trilha é de fácil acesso e leva menos de 10 minutos. A cachoeira é muito bonita, de águas transparentes e uma coloração que mistura o laranja das rochas com o verde da vegetação. Essa costumava ser uma das poucas cachoeiras de acesso grátis na região, mas desde dezembro de 2018 o acesso passou a ser pago.

  • Entrada: R$10,00.
  • Horário de funcionamento: Diariamente, das 8h às 17h.
  • Endereço: MG 050 KM 315 – Capitólio, MG.

 

Cascata Eco Parque

A Cascata Eco Parque é um complexo com um pouco de tudo que se espera de Capitólio: natureza, trilhas, quedas d’água altas e baixas, piscinas naturais, cânion e uma vista maravilhosa. O complexo fica à beira da rodovia MG-050 e a entrada permite ficar o dia todo no local. As trilhas são fáceis mesmo para iniciantes. O local possui também restaurante e camping. Nesse post contei um pouco mais da minha experiência na Cascata Eco Parque.

  • Entrada: R$40,00.
  • Horário de funcionamento: Segunda a sexta-feira, das 10h às 17h e aos sábados e domingo, das 10h às 18 hs.
  • Endereço: Rodovia MG 050 km 315,5, s/n – Zona Rural, Capitólio – MG.

 

 

Cachoeira Lagoa Azul

Com águas cristalinas, o visual da cachoeira Lagoa Azul é belíssimo. Apesar do nome, a coloração é mais verde do que azul, por causa da vegetação. É possível visitar somente o complexo (que também tem opção de hospedagem), mas esse é um dos pontos que também faz parte dos tradicionais passeios de lancha pelo Lago de Furnas. O espaço conta também com o Aquabar, um bar flutuante com petiscos e bebidas.

  • Entrada: R$30,00.
  • Horário de funcionamento: Diariamente, das 9h às 17h30.
  • Endereço: Rodovia MG-050, Km 311 Zona Rural, Capitólio, MG, 37945-000

 

 

Trilha do Sol

O Trilha do Sol é mais um complexo que tem um pouco de tudo da região: trilhas, cachoeiras, águas cristalinas e pequenos cânions. O complexo é enorme e possui uma ótima infraestrutura, com restaurante, recepção, redes, chiveiros e trilhas bem sinalizadas. As trilhas são de nível fácil, mas se você deseja percorrer as três, será uma caminhada mais longa, com direito a escadaria e trecho que precisa ser percorrido pela água. Vale a pena reservar bastante tempo para aproveitar bem.

  • Entrada: R$40,00.
  • Horário de funcionamento: De terça a domingo, das 9h às 17h.
  • Endereço: Rodovia MG – 050 S/N Zona Rural, Capitólio – MG, 37930-000

 

Paraíso Perdido

Complexo com 18 piscinas naturais e 8 quedas de águas límpidas e cristalinas. Além disso, possui restaurante e área de camping. Há cachoeiras de diferentes colorações e visuais, para todos os gostos. Existem dois meios para acessar as cachoeiras de Paraíso Perdido. Chegando de carro por cima, no alto da serra ou por baixo.

  • Entrada: R$40,00.
  • Horário de funcionamento: Diariamente, das 9h às 17h.
  • Endereço: Rodovia SBG 387 , Km 4.5 – Entrada pela Rodovia MG 050 Km 321 entre Passos e Capitólio – Minas Gerais

 

 

Pedreira Lagoa Azul

Um dos lugares que mais me chamou a atenção pela beleza peculiar foi a Pedreira Lagoa Azul. Trata-se de uma antiga pedreira desativada, one surgiu uma lagoa cristalina com coloração azulada, criando uma paisagem deslubrante. O misto das ruínas com a bela lagoa nem parece real! Para chegar, é necessário dirigir por mais de 5 km em uma estrada de terra com muitas rochas, então o ideal é um veículo 4×4. Muitas operadoras fazem o passeio, normalmente combinado com outras cachoeiras e trilhas. Nesse post contei um pouco sobre minha experiência no passeio.

  • Endereço: Entrada pela Rodovia MG-050 (-20.648192,-46.280494), próximo a Cascata Eco Parque. São aproximadamente 5km de Estrada de Terra.

 

 

Cachoeira do Filó

A Cachoeira da Filó está a 38km do centro de Capitólio, próximo ä Usina Hidrelétrica de Furnas. Para chegar ao local, é preciso pegar uma trilha curta. A cachoeira possui uma piscina natural cristalina e tipicamente gelada, com águas bastante tranquilas e é rasa na margem. É uma das poucas da região que ainda possui entrada gratuita.

  • Entrada: gratuita
  • Endereço: São João Batista do Glória – MG, 37920-000

 

Morro do Chapéu

O Morro do Chapéu é um dos pontos mais altos da cidade, a 1.293 m de altitude. De lá, é possível avistar boa parte do Lago de Furnas e algumas cidades banhadas por ele. Para chegar ao local, é preciso fazer una trilha a pé, de carro, moto ou bicicleta. O local possui uma diversidade de espécies de flores silvestres, vegetação típica de cerrado, alguns animais exóticos, nascentes e cachoeiras.

  • Endereço: Pico da montanha, Capitólio – MG – CEP 37.930-000

 

Igreja Matriz de São Sebastião / Feirinha de Capitólio

Bela construção localizada no centro de Capitólio, próximo a restaurantes e sorveterias. Às terças-feiras, das 17h às 22h30, acontece também a Feirinha de Capitólio na praça da Matriz, com comidas típicas e artesanato, além de artistas de rua.

  • Endereço: Praça da Matriz, Capitólio – MG – CEP 37.930-000